Google: atualização no algoritmo registra volatilidade da SERP


Ferramentas de identificação em todo o mundo registraram picos de flutuação desde a metade da última semana

Desde o último sábado, 13 de março, A ferramenta SERP Volatility vem registrando grandes picos de flutuação no índice que mede a estabilidade dos posicionamentos na página de resultados do Google.

A pontuação chegou recentemente, em 16 de março, aos 299 pontos, um dos maiores já registrados!

A flutuação significa, na maioria das vezes, que alguma atualização de algoritmo pode estar sendo lançada ou testada pelo buscador.

Embora o SERP Volatility tenha apontado números expressivos na SERP brasileira, a única que a ferramenta é capaz de acessar, a comunidade de SEO internacional também notou instabilidades. Apesar das oscilações registradas por outras ferramentas ao redor do mundo terem sido menos intensas, o blog Search Engine Roundtable especula que tenha havido um update no dia 10 de março.

A hipótese é que a atualização em questão talvez só esteja sendo implementado na SERP nacional agora. Essa volatilidade também foi sentida ao redor do mundo, com flutuações mais impactantes na Europa (Reino Unido, Alemanha, Itália, Espanha e França) do que em países como Japão e Austrália.

O portal Search Engine Roundtable também divulgou que uma grande atualização de algoritmo para buscas locais pode ser sido implementada pelo Google.

Não é possível dizer, no entanto, que esta atualização possa estar relacionada com a volatilidade da SERP identificada no mês passado.

Até o momento, o Google não fez nenhum anúncio oficial sobre a volatilidade identificada na SERP, o que aumenta ainda mais as chances de o algoritmo estar sofrendo uma atualização não-confirmada.

Os últimos updates não oficiais ocorreram nos dias 7, 8, 12 e 27 de janeiro, 8, 17, 20, 24 e 26 de fevereiro e 2 e 3 de março, sendo estes os mais recentes até agora.

O que será que vem por aí?