YouTube Ads deve ultrapassar arrecadações de gravadoras

Salto anual em lucros com anúncios no Youtube Ads impressiona em um mercado tão tradicional.

Em breve, a plataforma de anúncios YouTube Ads, pertencente ao Google, deve arrecadar mais que as tradicionais gravadoras musicais, como Sony, Universal, BMG, etc.

Essa estimativa foi divulgada pela própria Alphabet, dona do YouTube, e mostra que os dados de receita gerada através de anúncios devem chegar a US $ 7,205 bilhões em receitas de publicidade só no terceiro trimestre deste ano, o que reflete um aumentou 43%, ano a ano em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Só nos primeiros 9 meses desse ano, a plataforma já lucrou mais de US$ 20,21 bilhões de publicidade, mais do todo o ano de 2020 (US$ 19,77 bilhões) e 2019 ( US$ 15,15 bilhões).

Gravadoras musicais ainda crescem?

Para fazer uma comparação, a Universal Music, maior detentora de direitos autorais musicais no mundo hoje em dia, teve um aumento de pouco mais de 18% em receitas, em relação ao ano passado.

Mesmo com bons resultados no terceiro trimestre para a Universal Music e para a Sony Music, a receita gerada deve ser em torno de US$ 23,5 bilhões, enquanto a MBW (Music Business Worldwide) prevê que o YouTube gere, em anúncios, algo entre US$ 29 e US$ 23 no consolidado de 2021.

YouTube Ads em sinergia com novos comportamentos digitais

Isso exemplifica o quanto o YouTube Ads segue cada vez mais forte, mesmo em um mercado que vem se transformando muito.

Com o marketing digital convergindo cada vez mais para o vídeo e o audiovisual ganhando força perante as fotos estáticas em tantas plataformas, o YouTube Ads segue sendo uma ferramenta imprescindível para quem busca divulgar sua marca na plataforma de vídeos mais relevante do planeta.

Seguiremos de olho nessa movimentação. E você? Já anuncia seu negócio no YouTube Ads?